Casal é assaltado na região do Rio do Meio interior de Pitanga, após a venda de uma moto

 Casal é assaltado na região do Rio do Meio interior de Pitanga, após a venda de uma moto

No dia 05 de março de 21, por volta das 19h40min, atendendo solicitação de uma senhora, a qual chegou de carona na Sede da 3º Cia de Pitanga, relatando que ela e o marido retornavam da Localidade Rio do Meio em uma motocicleta, onde foram efetivar a entrega e venda no da Motocicleta Placa AHZ-1838, no valor de R$ 2,300,00, a um senhor, morador da Vila Rural do Rio do Meio, quando no caminho foram abordados por dois homens, em uma motocicleta alta, tipo Bros, sendo um magro alto e outro mais forte, os quais deram voz de assalto, armados com uma arma, que parecia uma espingarda com cano cortado, o elemento magro desferiu um golpe com a arma no capacete da solicitante, pois ela estava se negando entregar o dinheiro.

Relatou ainda que, tentou entregar parte do dinheiro e os autores disseram ter conhecimento que havia mais e queriam o valor total, após subtrair a quantia de R$ 1.600,00, um celular marca Samsung J7 metal, e também a chave da motocicleta conduzida pelo casal, os autores do roubo retornaram sentido Rio do Meio tomando rumo ignorado.

A equipe policial de pronto retornou com a solicitante ao local do fato, o qual se tratava de um bar na Vila Rural Rio do Meio. Em contato com as pessoas do bar, foi informado que durante a negociação via fone por volta da 16h00min, relatou o comprador que, um ocupante do bar ouviu a conversa via telefone, e que este saiu apressado do bar, esquecendo sobre a mesa o celular, o qual minutos depois voltou pegar em uma moto Bros de cor escura, dizendo no bar que iria para Pitanga, sendo este, identificado pela equipe policial, o qual é morador da Vila Rural Rio do Meio, sendo este pela descrição das vítimas e relato do negociante, o principal suspeito do fato.

A equipe deslocou até a residência deste possível autor, e em contato com a mãe dele, relatou que, o filho saiu no período da tarde, não retornando até aquele momento, por volta das 20h50min, e que não sabia do paradeiro do filho.

Diante das informações, foram as vítimas orientadas. Realizados patrulhamentos no intuito de localizar o suspeito, porém, sem êxito até a lavratura do boletim.