Gado furtado em Marquinho foi recuperado em uma fazenda no interior de Turvo. Os envolvidos foram para Delegacia de Guarapuava

 Gado furtado em Marquinho foi recuperado em uma fazenda no interior de Turvo. Os envolvidos foram para Delegacia de Guarapuava

No dia 20 de março de 21, a equipe policial de Turvo foi informada de que no dia 19/03/2021, por volta das 15h00min, houve um furto de gado na cidade de Marquinho.

Segundo o boletim de ocorrência, foram furtados 50 cabeças de gado, cujo valor seria, aproximadamente, R$ 250 mil reais.

Os proprietários do gado, um homem de 38 e outro de 41 anos, através de contatos com seus vizinhos de área, descobriram que o gado havia sido carregado em dois caminhões.

Através das características dos caminhões, os proprietários conseguiram localizar um dos motoristas que carregaram o gado de sua fazenda.

Um homem de 38 anos então, entrou em contato com o outro de 41 anos, e este relatou que teria sido contratado por um homem de 40 anos, para fazer o frete do gado, juntamente com um homem de 21 anos, e que haviam descarregado o gado em uma propriedade no município de Turvo.

Sendo assim, o homem de 41 anos levou a vítima e o homem de 38 anos até uma fazenda no interior do Turvo.

Ao chegar na fazenda, não havia ninguém no local, apenas o proprietário do gado furtado, o motorista que havia realizado o frete e duas equipes da Polícia Militar.

Foi, assim, localizado o rebanho furtado por volta das 01h30min. Já por volta das 07h, chegou na fazenda um homem de 50 anos, o qual apresentou-se como proprietário da fazenda, juntamente com o outro homem, de 33 anos.

Segundo ambos, estes homens, entraram em contato no dia 19/03/2021, por volta das 20h15min, oferecendo para venda um lote de gado, e que teria ido ao local para ver o lote e conversar sobre o negócio.

O proprietário da fazenda relatou que é credor do homem de 40 anos, e por isso iria fazer o negócio, para abater da dívida que tem.

Desta forma, os proprietários do gado, o proprietário da fazendo, a testemunha que chegou junto dele, e os motoristas que realizaram o frete do gado foram encaminhados até a 14ª SDP para maiores esclarecimentos.

Não foi possível entrar em contato com o homem de 40 anos. O gado foi liberado no local para os proprietários que fizeram gravações do gado já carregados nos caminhões.

Ao todo, foram 48 cabeças de gado que haviam sido furtadas e foram recuperadas.