Ladrão ameaça policiais de morte em Pitanga, após ser preso e ter furtado objetos de veículos

 Ladrão ameaça policiais de morte em Pitanga, após ser preso e ter furtado objetos de veículos

No dia 21 de outubro de 2021, às 22h50min, a equipe policial em patrulhamento pela Avenida Universitária, proximidades do Route 28, no Município de Pitanga, foi abordado por a pessoa de G. S. de L., o qual relatou que estava no Route 28 e, ao sair do local, notou que seu veículo, um Fiat Uno, estava com a porta danifica, com sinais de que foi forçada, e do interior do veículo foi subtraído um rádio marca Pioneer, 4 bonés na cor vermelha e uma mochila preta, sendo que a equipe havia visualizado ao adentrar na avenida, um masculino saindo de trás de uma árvore,  sendo que este de estatura alta, porte físico médio, cor morena, este trajava uma calça na cor preta, tênis mais claro que a calça e, uma blusa listrada de cinza e preto, suspeitando que possivelmente seria o autor do furto.

Foi questionado a vítima se havia visto o masculino acima descrito, este afirmou que sim, que ao aproximar do seu veículo o masculino passou por ele com uma mochila na cor preta nas costa, e que andou por aproximadamente 100 metros e, ao visualizar o giro da viatura, este entrou atrás de uma árvore e em seguida saiu.

A equipe foi até o local onde foi visualizado a bolsa que foi furtada e no interior da bolsa estava o radio furtado, os bonés, além de uma carteira na cor rosa com documentos pessoais da pessoa de T. M. E. bem como uma bolsa com documentos pessoas da pessoa de S. R. L. de L.

A equipe fez buscas no local tentando localizar o masculino, porém, não foi localizado, deslocado então até o estabelecimento Route 28, onde foram localizadas as pessoas de S. e T., deslocado com S. até seu veículo, um Gol de cor preta, o qual estava com a porta de trás aberta e do interior, além dos objetos recuperados, sentiu falta de uma carteira na cor laranja, a qual continha seus documentos pessoais e cartões do banco e cinquenta reais em dinheiro.

Foi deslocado então com T. até seu veículo, um Celta de cor preta, o qual estava com as portas abertas e com o interior do veículo revirado, não sentindo falta de nenhum objeto além dos recuperados pela polícia. Em busca no veículo de T. foi localizado embaixo de uma almofada do banco do motorista, um celular da marca Samsung na cor preta, o qual entre a capinha e o celular, havia um RG da pessoa de T. L. de A., o qual após verificar a foto, batia com o masculino visualizado pela equipe policial e pela primeira vítima.

Foi solicitado então para que as vítimas deslocassem até a 3ª Cia da Polícia Militar e iniciou-se diligencias em busca do autor, sendo que em seguida entrou em contato com o SD. da Silva, plantão 190, o qual relatou que o suspeito T. chegou na companhia. A equipe em conversa com ele, este relatou que estava no Route 28, com a pessoa de J. e com um amigo que estava com um veículo C4 Pallas, que segundo ele, dois motoqueiros, um conduzindo uma Biz na cor azul, deram voz de roubo e subtraíram seu celular e a carteira da pessoa, a qual se refere como J., sendo segundo ele, uma carteira na cor rosa.

Foi questionado sobre o horário do acontecido, este relatou ser no mesmo horário em que a equipe estava no local da ocorrência, sendo que não houve nenhuma ligação via central 190, com relação ao ocorrido.

Foi questionado como havia chegado a sede da 3ª Cia da PM, este informou que um amigo acionou o taxista P., o qual foi busca-lo na Avenida Universitária, porém, a cada momento o mesmo mudava a versão relatada a equipe.

Foi deslocado então com as partes até a Delegacia de Polícia Civil, sendo que ao chegar no local, T., o qual estava sendo conduzido no banco de trás da viatura, confessou ter furtado os objetos, dizendo “fui eu que peguei estas porcarias seu policiais de merda“, “eu sou do crime e não vai ser vocês que vão me levar preso“, e pulou para fora da viatura policial, correndo em direção a estação rodoviária.

Foi acompanhado T., o qual na Rua Benjamim Constant, veio a cair no asfalto, sendo que foi necessário o uso de força física e uso de algemas para conter a injusta agressão, o qual começou a desferir chutes e socos contra os policias.

Foi dado voz de prisão a Thiago e conduzido até a 45ª DRP para os demais procedimentos cabíveis, juntamente com as vítimas e os objetos recuperados de furto. Feito contato com o taxista mencionado por Thiago, o qual informou que Thiago veio até a Rodoviária e pediu para que levasse ele até a companhia, contradizendo mais uma vez o que foi dito por Thiago.

Durante a confecção da documentação, Thiago fez várias ameaças a um soldado, dizendo “você amanhã está morto seu policial filho da puta, seu policial de merda“, “você nunca bateu de frente com um bandido de verdade, vou te matar”.

Diante do relato, foi confeccionado o auto de resistência à prisão, encaminhado Thiago até o Hospital São Vicente de Paulo, entregue na delegacia para lavratura do flagrante e para que se adote os procedimentos por parte da polícia judiciaria.

Ressalto que Thiago possui passagem por furto.