Mulher é ameaçada de morte pelo convivente em Pitanga. Ela quer medida protetiva e o fim do relacionamento

 Mulher é ameaçada de morte pelo convivente em Pitanga. Ela quer medida protetiva e o fim do relacionamento

No dia 10 de março de 2021, às 11h45min, atendendo solicitação de uma mulher de 23 anos, a equipe deslocou até a Rua Venâncio Aires, pois segundo a solicitante, seu convivente estaria fazendo ameaças de morte contra a mesma.

Com a equipe no local, foi constatado o fato, sendo identificado o autor das ameaças como um homem de 26 anos, o qual foi orientado a se retirar do local, tendo em vista que a vítima não quer mais continuar o relacionamento com ele, relatando ainda que frequentemente recebe ameaças do mesmo.

A vítima não teve interesse em representar contra o autor, tendo somente interesse em medidas protetivas, a qual foi orientada quanto aos procedimentos.

Posteriormente enquanto a equipe confeccionava o boletim, a vítima entrou em contato novamente, relatando que o homem voltou a residência e estaria novamente fazendo ameaças a mesma e a mãe da solicitante.

A equipe retornou ao local, porém, o suspeito já havia se evadido, sendo efetuadas buscas, sem êxito em localizar o mesmo.

Leia também sobre:

DANO

No dia 10 de março de 2021, compareceu a sede da 3ª Cia o solicitante de 24 anos, o qual passou a relatar que nesta data ao chegar a sua residência por volta das 17h00min, encontrou arrombada com trinco da porta quebrado, contudo não notou a falta de nada.

Diante dos fatos foi orientado o solicitante, confeccionado o boletim de ocorrência e encaminhado o mesmo a 45ª DRP para os demais procedimentos cabíveis.

APOIO A OUTROS ORGÃOS / CUMPRIMENTO DE MANDADO JUDICIAL – SEM ILICITUDE

A equipe do Choque da Polícia Militar juntamente com RPA e Rotam da 3ª Cia de Pitanga, prestaram apoio ao Oficial de Justiça em cumprimento do mandado de reintegração de posse.

As equipes policiais constataram que o local já havia sido desocupado, sendo então adotados os procedimentos cabíveis pelo oficial de justiça. Certidão de cumprimento e mandado judicial seguem anexados ao bou. Em conversa com a requerente, esta relatou que em data anterior o requerido da ação judicial entrou em contato com ela e a ameaçou de quebrar a casa, caso ela não realizasse um pagamento de certo valor em dinheiro.