Nova Prata do Iguaçu tem nova eleição neste domingo (13)

 Nova Prata do Iguaçu tem nova eleição neste domingo (13)

Prefeitura de Nova Prata do Iguaçu – PR

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) marcou para este domingo, dia 13 de junho de 2021, a realização de eleição suplementar para a escolha de prefeito e de vice-prefeito no município de Nova Prata do Iguaçu, no Sudoeste do Paraná. A Resolução TRE-PR nº 870/2021 estabelece instruções e aprova o respectivo calendário eleitoral.

Cinco municípios elegem novos prefeitos neste domingo (13)

Poderão votar as pessoas registradas no cadastro eleitoral em situação regular e com domicílio eleitoral no município até 13 de janeiro de 2021 (151 dias antes das eleições).

Segundo o tribunal, o pleito foi convocado por causa do indeferimento do registro de candidatura do prefeito eleito, Ari Antônio Gallert (PTB). Ele recebeu 3.299 votos (47,35%) no ano passado.

Gallert se tornou inelegível por ter renunciado ao mandato de vereador na legislatura 2016/2020 no dia seguinte à comunicação formal sobre a suspensão dos direitos políticos dele, informou o TRE-PR.

O prefeito eleito teve o registro de candidatura indeferido em primeiro grau em outubro de 2020, antes das eleições. Por isso, a candidatura ficou sub júdice. Ele não foi diplomado.

Em dezembro, o político teve um recurso especial negado por decisão monocrática. O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a decisão de indeferimento da candidatura em 29 de março.

Os candidatos ao cargo de prefeito são Edilsom José Grassi (PSDB), Sandro Oltramari (PSB) e Sérgio Faust (PL).

A eleição suplementar em Nova Prata do Iguaçu será a segunda no estado em 2021.

No domingo (11), Doutor Marcondes (PL) foi eleito prefeito de Munhoz do Mello, no norte do Paraná, na eleição suplementar realizada no município.

Ele recebeu 1.532 votos, o que representa 55,22% dos votos válidos, e derrotou Áureo Gomes (DEM), que recebeu 1.245 votos (44,78%).

A eleição suplementar aconteceu porque, segundo o TRE-PR, o candidato Gilmar Jose Benkendorf Silva (MDB), que venceu a eleição em 2020, teve a candidatura indeferida pelo TSE.

Com Bem Paraná e G1 Paraná