Receita do pedágio quase triplica em novo modelo, mostra auditor do TCE

 Receita do pedágio quase triplica em novo modelo, mostra auditor do TCE

Nós já mostramos no Programa EPC quanto as concessionárias já arrecadaram com os contratos de pedágio no Paraná. Um levantamento feito pelo TCE (Tribunal De Contas Do Estado). E nós conversamos com o auditor que elaborou o estudo.

A tabela foi elaborada por Alexandre Santos, auditor do TCE. E os números levantados serviram de base para o G7, grupo que reúne as principais entidades do setor econômico e foram entregues ao ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, que há quase duas semanas estava no paraná.

No estudo, Alexandre destaca o aumento da receita bruta previsto de R$ 54 bi para R$ 156 bi. Quase o triplo. E também a análise de que o lucro líquido vai aumentar em valor nominal, mas também no percentual em relação ao todo do contrato.

Na sequência da tabela, o auditor explica a diferença no custo de operação das estradas, que no contato futuro será menor.

Além das praças de pedágio, as concessionárias também têm outras receitas financeiras.

A conclusão do autor é a mesma da sociedade organizada. Que os novos contratos tenham a previsão de faturas altas já no início do contrato, se tornando, ao longo dos 30 anos, uma nova sangria no bolso do paranaense.

Por Catve.com